DOI: http://dx.doi.org/10.25188/FLT-GaleriaTeologica(eISSN2595-1971)v1.n2.2017.p146-167

RESUMO

O benzimento, como prática de cura religiosa, está presente na cultura cristã popular. O objetivo deste artigo é analisar a abrangência cultural e religiosa do benzimento, juntamente com suas origens e significados, considerando algumas religiões indígenas, o Espiritismo, a Umbanda e o Reiki. Em seguida, será elaborado um critério avaliativo bíblico-teológico, para analisar duas entrevistas organizadas pelo autor, com base em Dt18.9-14 e nos dois primeiros mandamentos em Lutero. Por fim, implicações para a vida cristã, com ênfases no ministério pastoral.


PALAVRAS-CHAVE

Benzimento. Superstição. Idolatria. Sincretismo.

LUAN RODAWELLY


Natural de Presidente Getúlio/SC. Estudante de Bacharelado em Teologia na Faculdade Luterana de Teologia – FLT em São Bento do Sul/SC. luan.rodawelly@flt.edu.br